Quinta, 13 de Junho de 2024
12°C 24°C
Iúna, ES

Setades promove seminário sobre a primeira infância e sua relação com o desenvolvimento humano

O evento aconteceu nesta terça-feira (19), e busca qualificar experiências e conhecimentos em torno da temática da primeira infância.

19/09/2023 às 19h00
Por: Redação Fonte: Secom Espírito Santo
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Espírito Santo
Foto: Reprodução/Secom Espírito Santo

A primeira infância se torna o foco de mais um encontro promovido pelo Governo do Estado. O Seminário Estadual da Primeira Infância “A importância dos investimentos na Primeira Infância para o Desenvolvimento Humano”, articulado pela Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades) aconteceu, nesta terça-feira (19), no Cine Teatro da Universade de Vila Velha (UVV), em Vila Velha.

Durante o evento, o público composto por gestores e técnicos municipais de 78 municípios capixabas, das áreas da Assistência Social, Saúde e Educação, teve a possibilidade de qualificar suas experiências e conhecimentos. Temáticas como a primeira infância no Sistema Único de Assistência Social (Suas), a elaboração dos planos municipais para a primeira infância e os desafios para a ampliação e melhoria das políticas voltadas para a crianças de zero a seis anos, buscam trabalhar uma perspectiva interseccional, reforçando o olhar multifatorial e complexo com o qual a primeira infância deve ser abordada.

De acordo com a secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Figueira Grillo, garantir o bem-estar das crianças em seus primeiros anos de vida, exige compreender os diversos fatores sociais que compõem o cenário no qual se dá o desenvolvimento infantil. "O Governo do Estado sabe que a maneira mais eficaz de enfrentarmos esse desafio é construindo políticas públicas sob a ótica da interseccionalidade, para criar caminhos que envolvam diversos agentes e atores sociais, pois é somente em parceria que poderemos garantir uma rede de serviços, conhecimentos e ações, capazes de garantir o florescimento de uma sociedade menos desigual, cultivada a partir do bem-estar e do pleno desenvolvimento infantil", afirmou a secretária, durante a abertura do seminário.

Grande entusiasta da temática, a primeira-dama Maria Virginia Casagrande fez uma fala reiterando seu compromisso e agradecendo a participação dos presentes e das parcerias que possibilitaram o evento. "Vejo aqui uma grande colcha de retalhos, composta de diferentes saberes e práticas, que trabalham juntos para cuidar da infância de nossas crianças. Acredito que precisamos resgatar certas noções de cuidado, como por exemplo aquele em relação às vacinas, que foram tão negligenciados nos últimos anos", pontuou a primeira-dama.

O presidente da Associação dos Municípios do Espírito Santo e prefeito de Ibatiba, Luciano Miranda Salgado, o "Pingo", parabenizou o governador Renato Casagrande pelo apoio integral à primeira infância. "Não existe nenhum município capixaba que não tenha investimentos voltados para a primeira infância. O sucesso se deve aos esforços do Governo do Estado, que com suas equipes técnicas, constroem uma parceria muito eficaz com os municípios", disse o presidente.

"Estou muito feliz de participar com vocês desse evento, pois acredito muito que investir na primeira infância é investir no futuro. As crianças de hoje são o nosso amanhã", destacou a pró-reitora acadêmica da Universidade de Vila Velha, Gesiane Pereira.

Além das palestra e do contexto de trocas de experiências proporcionados pelo encontro, durante o evento foi dada posse ao Comitê Estadual pela Primeira Infância, instância que busca fomentar a priorização das políticas públicas voltadas para a Primeira Infância por parte do Governo e dos municípios.

O subsecretário de Estado de Articulação de Políticas Intersetoriais e coordenador-geral do comitê, Ted Conti, deu posse aos membros. "É importante ressaltar que o Espírito Santo é um dos estados pioneiros a implantar o marco legal voltado para a implantação de políticas públicas para a primeira infância. Isso possibilitou a criação do Plano Estadual Pela Primeira Infância (Pepi), instrumento técnico-político, construído de forma coletiva entre a gestão estadual e a sociedade civil. Nossa principal atribuição no momento, é colocar em prática o Pepi, para garantia e defesa das crianças em suas múltiplas infâncias".

Lançado pelo Governo do Estado em 2022, o Plano Estadual Pela Primeira Infância é organizado em projetos estruturantes, com a finalidade de promover, em diversas frentes, o desenvolvimento integral e integrado das crianças, da gestação aos seis anos completos. Perspectivas mais modernas e atuais no âmbito social apontam que as primeiras fases do desenvolvimento humano são cruciais para ampliar as oportunidades dos indivíduos e as possibilidades da coletividade de um futuro melhor. Estudos científicos de diversas áreas sobre os impactos de políticas públicas voltadas para a infância, demonstram que os investimentos do poder público, com foco na primeira infância, podem produzir grandes transformações sociais, uma delas é a quebra de ciclos de pobreza e vulnerabilidade. (Texto produzido com a colaboração de Eduarda dos Santos).

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Setades

Ana Freitas e Samyra Ferreira

(27) 3636-6803

[email protected]

[email protected]

 

%fim-post%
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.