Quinta, 13 de Junho de 2024
12°C 24°C
Iúna, ES

Programa Funses ESG de Desenvolvimento divulga 14 empresas habilitadas

O programa, vinculado ao Fundo Soberano, incentiva o desenvolvimento sustentável e regionalmente equilibrado

19/09/2023 às 15h15
Por: Redação Fonte: Secom Espírito Santo
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Espírito Santo
Foto: Reprodução/Secom Espírito Santo

As empresas habilitadas na chamada pública aberta pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) para a seleção projetos de investimento pelo Fundo Soberano do Estado do Espírito Santo (Funses) tiveram seus nomes divulgados na sexta-feira (15). Ao todo, das 22 propostas enviadas, 14 foram habilitadas para a próxima etapa, de análise dos projetos.

As informações completas com o nome das empresas estão disponíveis no site do banco pelo link bandes.com.br/esg. Os projetos habilitados cumpriram os requisitos previstos em edital e agora seguem para a etapa de classificação, conforme matriz disponível no edital de Chamada Pública. A previsão para divulgação da classificação das empresas deverá ocorrer em até 30 dias.

Dos projetos habilitados, nove são de empresas do setor industrial, quatro projetos do setor de energia e um projeto ligado à educação. As empresas estão nos municípios de Cariacica, Colatina, Conceição da Barra, Guaçuí, João Neiva, Linhares, Muniz Freire, Serra, Sooretama, Pinheiros e São Domingos do Norte.

O Programa Funses ESG de Desenvolvimento tem o papel de atrair empreendimentos compromissados com o desenvolvimento sustentável, pautados na conduta fundamentada em aspectos ambientais, sociais e de governança da empresa. Os projetos passarão ainda por uma fase classificatória e pela fase de seleção final, que é quando são analisados pelo Bandes e por uma consultoria externa contratada para apoiar o processo.

O Programa Funses ESG de Desenvolvimento atende a projetos de investimento entre R$ 20 milhões e R$ 50 milhões por empresa, com o investimento máximo de 80% pelo Funses, por meio de subscrição de debêntures não conversíveis em ações, com o objetivo de fomentar o ambiente de negócios e a economia capixaba, focado nos setores da indústria, saúde, educação e energia.

O Programa Funses ESG de Desenvolvimento tem prazo total de até dez anos, com período de carência limitado a quatro anos. As debêntures, que são títulos de dívida emitidos por empresas, serão pagas com juros de até 100% da taxa Selic, dependendo da localização do projeto da empresa, que será avaliada com base em índices de desenvolvimento sustentável e participação dos municípios. A depender desses índices, os juros podem ter um desconto de até 10%.

Interiorização do desenvolvimento

Um dos critérios adotados para a seleção dos projetos é o “Desenvolvimento Regional”, que avalia a capacidade do projeto de gerar empregos, a localização do empreendimento e a integração com a cadeia produtiva.

O programa adota como forma de incentivo para a implantação de plantas industriais e a expansão de empreendimentos fora da Grande Vitória descontos na taxa de juros, conforme a localização do empreendimento. São utilizados, tendo por base, o Índice de Desenvolvimento Regional Sustentável por Microrregiões e o Índice de Participação dos Municípios. A iniciativa visa a promover o desenvolvimento equilibrado das microrregiões capixabas, com a implantação de projetos de investimentos que possam gerar emprego e renda em todas as microrregiões.

Agenda ESG: empresas socioambientalmente responsáveis

As práticas ESG (Environmental, Social and Governance - ou em português, Ambiental, Social e Governança) são uma abordagem para avaliar e monitorar o desempenho das empresas em três dimensões interligadas. O programa Funses ESG de Desenvolvimento adota como um de seus critérios de seleção a aderência a essa agenda.

Essas práticas são como um indicador de desempenho corporativo, levando em consideração não apenas a rentabilidade financeira, mas também o impacto social e ambiental da empresa e como ela é administrada.

Dessa forma, no processo seletivo do Programa coordenado pelo Bandes, empresas que adotam as práticas ESG têm maior “peso” nessa avaliação, promovendo um impacto positivo nas comunidades onde são implementadas, no que se referente à sustentabilidade dos negócios e ao atendimento das expectativas dos stakeholders, como investidores, clientes, funcionários e a sociedade em geral.

Condições operacionais:

Programa Funses ESG de Desenvolvimento

Valor financiável: de R$ 20 até R$ 50 milhões

Prazo: até 10 anos, incluindo até 4 anos de carência

Juros: Selic com desconto de até 10%

Informações sobre o Programa:

www.bandes.com.br/esg

Informações à Imprensa:

Gerência de Comunicação Institucional do Bandes

Bárbara Deps Bonato / Wilson Igreja Campos

(27) 99774-4428 / (27) 3331-4424

[email protected]

%fim-post%
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.